SALA DE AULA INVERTIDA: : A METODOLOGIA BLENDED LEARNING

  • Gustavo Linhares Lélis Frota

Resumo

A educação convencional está enfrentando dificuldades frente as transformações na sociedade. As escolas que utilizam metodologias tradicionais, ensinam os seus conteúdos como todos aprendessem ao mesmo tempo, exigem resultados iguais, ignoram que os nossos alunos fazem parte da sociedade do conhecimento, no qual as habilidades intelectuais exigem iniciativa e colaboração. A sala de aula invertida (flipped classroom) é uma modalidade de ensino híbrido (blended learning) que combina educação formal com ensino on-line em que uma parcela do conteúdo das aulas acontecem na internet e a outra acontece em sala de aula. Neste contexto, procuramos compreender quais os impactos da modalidade da sala de aula invertida frente ao modelo tradicional de sala de aula?  O presente artigo visa analisar, através de uma revisão bibliográfica se o uso de sala de aula invertida contribui efetivamente para oportunizar a interação e motivação entre os alunos e se possibilita melhoria do processo de ensino-aprendizagem. Além disso buscamos identificar quais as vantagens e desvantagens dessa metodologia frente ao modelo tradicional de sala de aula.

Publicado
2018-06-12
Como Citar
LINHARES LÉLIS FROTA, Gustavo. SALA DE AULA INVERTIDA. CIET:EnPED, [S.l.], jun. 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/101>. Acesso em: 22 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Aprendizagem e construção do conhecimento