EDUCAÇÃO NA MODERNIDADE: : O USO DE NOVAS TECNOLOGIAS NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PERMANENTE

  • Vinício Carrilho Martinez UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS - UFSCar
  • Vanderlei De Freitas Nascimento Junior

Resumo

A incorporação de novas tecnologias na vida cotidiana se tornou alvo de estudos nas mais diversas áreas das ciências, e na área da educação não seria diferente. Há muito se discute que não basta investir na educação técnica de crianças e jovens, visando sua integração no mercado de trabalho. Mais do que isso, é preciso investir na educação permanente das pessoas como pressuposto mínimo de existência, propiciando às pessoas uma vida digna. Este é um dos princípios básicos da educação permanente. A aplicação das novas tecnologias no processo de educação permanente nos remete à proposta trazida pelo método educacional do ensino híbrido. O ensino híbrido consiste na prática de atividades educacionais desenvolvidas com o intuito de promover o uso de novas tecnologias, durante o processo de aprendizagem, de modo que o aluno seja capaz de interagir, com maior autonomia, ao estudar determinada disciplina escolar ou conteúdo específico. Acredita-se que a implantação e desenvolvimento de tais técnicas no processo de educação permanente se traduz como uma prática inclusiva e democrática, de modo que o aprendizado não seja reduzido apenas à aplicação de técnicas, meios e instrumentos instantâneos, mas no desenvolvimento planejado e contínuo da relação de ensino-aprendizagem.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

rofessor Associado I (Dr.) do Departamento de Educação da Universidade Federal de São Carlos. Pós-Doutor em Ciência Política e em Educação - UNESP/Marília. Possui graduação em Direito (1988) e em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (1989); mestrado em Programa de Pós-Graduação em Direito pela Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro (2005); mestrado em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1996); doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo - FEUSP (2001) e doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP-Marília (2010); Pós-Doutorado em Educação, desenvolvido junto ao Departamento de Administração e Supervisão Escolar da UNESP, Campus de Marília; Pós-doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista/Marília . Atualmente é Professor da Universidade Federal de São Carlos - UFSCar; Coordenou MBA em Direito. Foi bolsista de agências financiadoras de pesquisa, por quatro vezes consecutivas. Também foi professor colaborador do programa de Pós-graduação em Ciências Sociais - UNESP/Marília (2005-2006) e professor de programa de mestrado em direito. Tem experiência na área de Educação, ensino de Sociologia Geral e Teorias do Estado, com ênfase em Educação - Sociedade - Estado, atuando principalmente nos seguintes temas: Sociologia Geral, direitos humanos, Educação e Sociedade, Ciências Políticas e Teorias do Estado. Publicou livros, capítulos de livros e inúmeros artigos de caráter científico, nacionais e internacionais. É articulista de jornal regional há 15 anos, com aproximadamente 700 artigos publicados, e também tem uma página pessoal no site Jus Navigandi, referenciado com qualis B-3.

Publicado
2018-05-17
Como Citar
CARRILHO MARTINEZ, Vinício; DE FREITAS NASCIMENTO JUNIOR, Vanderlei. EDUCAÇÃO NA MODERNIDADE. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/144>. Acesso em: 22 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Aprendizagem e construção do conhecimento