PRINCIPAIS APLICATIVOS PARA SMARTPHONES NO ENSINO DE QUÍMICA: : UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA.

  • Patrycia Abadia Da Silva
  • Cacilda Alves Miranda De Lima
  • Orlando Albuquerque
  • Cláudio Pereira Da Silva

Resumo

A Química dentro das Ciências Naturais se enquadra como uma ciência experimental e dispõe de conteúdos abstratos, o que favorece um difícil entendimento e visualização por parte do alunado. Assim,o uso das Tecnologias da Informação e Comunicação, sugere dinamicidade às aulas possibilitando um maior rendimento tanto para o discente quanto ao profissional. Constituiu-se como objetivo deste trabalhoverificar as dificuldades dos docentes para inserção de tecnologias educacionais na disciplina de química, bem como discutir as possibilidades e desafios da utilização de tais instrumentos no ensino desta disciplina. Para a elaboração deste, inicialmente foi realizada uma pesquisa no banco de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), por meio de palavras-chave, voltadas para o contexto do trabalho a ser realizado. Após esse levantamento, foram selecionados 06 artigos, considerados de maior relevância. Por fim, foram elencados os resultados encontrados quanto às ferramentas e aplicativos existentes. Diante do exposto, o docente da disciplina de Química, pode ter como aliado, o uso de tecnologias que estão sempre à mão dos alunos e que se tornaram essenciais em sua rotina de comunicação e interatividade, como os smartphones e seus aplicativos.

Publicado
2018-05-29
Como Citar
ABADIA DA SILVA, Patrycia et al. PRINCIPAIS APLICATIVOS PARA SMARTPHONES NO ENSINO DE QUÍMICA. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/274>. Acesso em: 14 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Materiais didáticos e mediação tecnológica