O CINEMA E A REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA EM WALTER BENJAMIN: MOVIMENTOS NA EDUCAÇÃO: :

  • Lilian Soares Branco
  • Adilson Cristiano Habowski Unilasalle
  • Elaine Conte Unilasalle

Resumo

Com base em Walter Benjamin (1987), problematizamos que o cinema tem um potencial ativo na produção da cultura e lançamos luzes ao que estas reflexões comunicam em meio à formação da coletividade. A questão da massificação promovida pelo cinema traz impactos à educação e é contraproducente, revelando o quanto essa técnica de reprodução possui a capacidade de racionalizar os nossos pensamentos, identidades e ações. Frente a isso, vemos a necessidade de uma postura crítica de recorte hermenêutico ante as produções cinematográficas, especialmente no ambiente educacional. Por fim, indagamos e buscamos em Benjamin o sentido pungente da arte do cinema na educação.


Palavras-chave: Cinema. Educação. Reprodutibilidade técnica.

Publicado
2018-05-22
Como Citar
SOARES BRANCO, Lilian; CRISTIANO HABOWSKI, Adilson; CONTE, Elaine. O CINEMA E A REPRODUTIBILIDADE TÉCNICA EM WALTER BENJAMIN: MOVIMENTOS NA EDUCAÇÃO. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/387>. Acesso em: 14 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Materiais didáticos e mediação tecnológica