INFÂNCIA E TECNOLOGIAS DIGITAIS NA ESCOLA: : SOBRE CRIATIVIDADE E MEDIAÇÃO NOS PROCESSOS DE ENSINAR E APRENDER

  • Patrícia Mirella de Paula Falcão
  • Daniel Mill Universidade Federal de São Carlos

Resumo

A sociedade contemporânea busca caminhos para introduzir as tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC) no processo de ensino-aprendizagem. Entre muitas questões e poucas conclusões, surgem reflexões sobre a defasagem do modelo de ensino brasileiro frente a tais tecnologias. Questiona-se a preparação dos docentes e as condições supostamente mais favoráveis das crianças para lidarem com as tecnologias emergentes. Nesse cenário, este estudo objetivou identificar o perfil das crianças entre 9 e 11 anos, relacionando seus conhecimentos sobre as tecnologias digitais e propor atividade pedagógica de letramento digital para uso no contexto escolar. Metodologicamente, o estudo caracterizou-se como qualiquantitativo e os dados foram coletados por entrevistas e observação em experimento com 236 crianças do ensino fundamental. Os resultados indicam que: as TDIC ajudam a integrar os conteúdos curriculares; as crianças precisam ser preparadas para o mundo digital, sem perder a ludicidade do processo; nesse contexto escolar permeado por TDIC é exigido do professor novos conhecimentos e motivação em suas funções na arte de ensinar.

Publicado
2018-05-16
Como Citar
MIRELLA DE PAULA FALCÃO, Patrícia; MILL, Daniel. INFÂNCIA E TECNOLOGIAS DIGITAIS NA ESCOLA. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/518>. Acesso em: 22 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Aprendizagem e construção do conhecimento