O APRENDIZADO DE LÍNGUAS NO TELETANDEM ATRAVÉS DE UMA PERSPECTIVA ECOLÓGICA: :

  • Paulo Sehnem
  • Rodrigo Roberto Schaefer UFSC

Resumo

Dado que para Van Lier (2004) uma perspectiva ecológica ocupa-se do relacionamento entre as pessoas e o ambiente, este estudo em andamento tem o objetivo de discutir quais aspectos do ambiente exercem influência na comunicação online dos aprendizes. O corpus faz parte da pesquisa de doutorado em andamento de um dos autores e a apresentação e a descrição dos dados são baseadas em análise qualitativa. Os seguintes instrumentos integraram a coleta de dados: sessões de Teletandem, entrevistas semiestruturadas e relatórios de experiência. Os resultados têm sido discutidos em termos dos seguintes temas encontrados até o momento: (a) problemas técnicos e; (b) um ambiente de aprendizagem “diferente”. Além desses, outros temas têm emergido. Considerando como um problema de pesquisa as demandas contemporâneas, tais como ensinar e aprender em contextos multiculturais virtuais, sugerimos que na intenção de lidar com elas é preciso um quadro teórico de interseções e múltiplas perspectivas, como a ecológica.

Publicado
2018-05-29
Como Citar
SEHNEM, Paulo; SCHAEFER, Rodrigo Roberto. O APRENDIZADO DE LÍNGUAS NO TELETANDEM ATRAVÉS DE UMA PERSPECTIVA ECOLÓGICA. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/721>. Acesso em: 22 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Aprendizagem e construção do conhecimento