O USO DE VÍDEOS REAIS COMO POSSIBILIDADE PARA APRENDIZAGEM EM FÍSICA: : RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA

  • Renato De Andrade Afonso
  • Waldemir Gonçalves Nascimento ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO TENENTE RÊGO BARROS
  • Iran Gadelha de Oliveira ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO TENENTE RÊGO BARROS

Resumo

Este trabalho tem por propósito um relato de experiência didática de utilização de tecnologia audiovisual com vídeos reais no contexto do ensino de Física com foco nas leis de Newton. A atividade didática foi vivenciada com alunos do segmento Educação de Jovens e Adultos – EJA – em uma escola pública. Objetivou-se abarcar um significado na aprendizagem de temas da Física buscando intensificar o interesse e o prazer pelo aprendizado de uma ciência potencializados por um caminho que desviasse da tradicional aula oral expositiva. Metodologicamente foi realizada uma investigação de caráter qualitativo voltada a uma exploração bibliográfica sobre a aprendizagem ativa e uso de vídeos em educação. Para a execução da atividade optou-se por uma abordagem de ensino com suporte na aprendizagem ativa e na teoria cognitiva multimídia de Mayer. A abordagem adotada sinalizou que o uso de vídeos reais proporcionou uma diferente interatividade voltada à construção do conhecimento, inovando na prática docente e dinamizando o aprendizado, nos induzindo a um posterior aprimoramento visando lapidar a abordagem deste tema.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Professor de Ciências Físicas e Doutorando do PPGECM/ IEMCI/UFPA.

##submission.authorWithAffiliation##

Professor de Física e de programação na ETRB.

Publicado
2018-05-25
Como Citar
DE ANDRADE AFONSO, Renato; GONÇALVES NASCIMENTO, Waldemir; GADELHA DE OLIVEIRA, Iran. O USO DE VÍDEOS REAIS COMO POSSIBILIDADE PARA APRENDIZAGEM EM FÍSICA. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/741>. Acesso em: 22 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Aprendizagem e construção do conhecimento