CONTRIBUIÇÕES DAS METODOLOGIAS ATIVAS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO: :

  • Gabriela Kássia Barbosa Da Silva
  • Sérgio Alex Brito E Almeida
  • Ana Paula Costa De Lucena

Resumo

De acordo com os dados do Censo da Educação Superior (2016), no Brasil 34.366 cursos de graduação foram ofertados em 2.407 Instituições de Ensino Superior (IES) para um total de 8.052.254 estudantes matriculados. Entretanto, pouco se discute o processo de democratização pelo conhecimento, envolvendo modificações nos currículos, nos métodos pedagógicos e na formação contínua de professores. Realizamos um estudo de múltiplos casos em (IES) públicas e privadas da cidade do Recife/PE, com o objetivo de analisar as contribuições das metodologias ativas de ensino-aprendizagem, para o desenvolvimento de competências e habilidades do formando do curso de Bacharelado em Administração, instituídas nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs, 2005). As metodologias ativas como potenciais modelos de trabalho trazem benefícios para o desenvolvimento de competências e habilidades, exigindo das organizações respostas inovadoras, uma vez que as soluções antigas já não se mostram suficientes e adequadas.

Publicado
2018-05-21
Como Citar
BARBOSA DA SILVA, Gabriela Kássia; BRITO E ALMEIDA, Sérgio Alex; COSTA DE LUCENA, Ana Paula. CONTRIBUIÇÕES DAS METODOLOGIAS ATIVAS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/785>. Acesso em: 22 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Aprendizagem e construção do conhecimento