(IN)VISIBILIDADES: : AS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS NO PROCESSO DE INCLUSÃO ESCOLAR

  • Angela Noleto Da Silva

Resumo

O presente trabalho retrata pesquisa que tomou por ponto palco de discussão (in) visibilidades das Tecnologias Assistivas no processo de ensino- aprendizagem e inclusão social-escolar das pessoas com deficiências. Objetivou apresentar as percepções dos docentes acerca dessas temáticas em suas práticas quanto à ausência/presença dos recursos em salas de recurso de unidades públicas educacionais municipais em Palmas/TO. Tomou-se como aporte teórico os estudos e reflexões dos autores: Berch (2013), Galvão (2004; 2009), Mantoan (2007), Pacheco (2007), Vygotsky (1994) entre outros. Os procedimentos metodológicos adotadas foram: revisão de literatura, leis, entrevistas com docentes e análise na perspectiva de pesquisa qualitativa. Constatou-se lacuna significativa em formação docente para atuarem na Educação Especial, o desconhecimento do conceito e uso de recursos das TA’s como ferramentas inclusivas, inclusão restrita em atividades de adaptação ao ambiente escolar reforçando a fragilidade de ações efetivas que visem o pleno desenvolvimento da autonomia dos educandos deficientes.

Publicado
2018-05-21
Como Citar
NOLETO DA SILVA, Angela. (IN)VISIBILIDADES. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/794>. Acesso em: 14 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Materiais didáticos e mediação tecnológica