O COMPUTADOR COMO INOVAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL: :

  • Ana Abadia dos Santos Mendonça

Resumo

No âmbito da inclusão escolar, a política educacional brasileira orienta que a educação de estudantes com deficiência seja realizada no ensino comum. Nesse sentido, torna-se necessário o favorecimento de ambientes acessíveis e com acessibilidade que possibilitem o pleno desenvolvimento dessa população no processo de escolarização, quando o uso de tecnologias. O computador entra com a sua parcela máxima de colaboração para tornar as aulas mais agradáveis e com bom proveito de aprendizagem.  Nesse artigo acontece uma discussão a respeito do computador como inovação para a aprendizagem de alunos com deficiência intelectual, com seus programas e softwares, que possibilite a estes alunos com a mediação do professor da sala regular, do Atendimento Educacional Especializado (AEE) ou das tecnologias asssistivas (TA), o sucesso do processo ensino aprendizagem. Conclui-se o uso da tecnologia pode ser um aliado na sala de aula permitindo a interatividade entre o aprendiz e o objeto de estudo e proporcionar uma participação ativa do estudante, e por parte do professor uma reflexão acerca dos recursos tecnológicos e seu papel na mediação pedagógica.

Publicado
2018-05-21
Como Citar
ABADIA DOS SANTOS MENDONÇA, Ana. O COMPUTADOR COMO INOVAÇÃO PARA A APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL. CIET:EnPED, [S.l.], maio 2018. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2018/article/view/800>. Acesso em: 14 nov. 2019.
Seção
CIET:EnPED:2018 – Educação e Tecnologias: Materiais didáticos e mediação tecnológica