A FORMAÇÃO DOCENTE NA LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO: VIVÊNCIA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA NA ESCOLA PÚBLICA

  • Pietro Matheus Bompet Fontoura Alves
  • Pauleany Morais

Resumo

O presente artigo possui como objeto de estudo a formação docente no curso de graduação em Computação com ênfase nas ações realizadas no Estágio Supervisionado, componente curricular obrigatório dos cursos de licenciatura. Trata-se de uma investigação qualitativa, com encaminhamento teórico-metodológico com base na pesquisa-ação e inspirada a partir da Computação Desplugada, que visa analisar os desafios do ensino de Computação nos anos iniciais do Educação Básica em uma escola pública de Salvador/BA. Os resultados apresentam as contribuições e potencialidades do ensino da Computação para educandos do 1º ao 5º ano e evidenciam a existência de tensões durante a formação inicial docente em Computação. Destaca-se, ainda, os desafios enfrentados pelos Licenciandos em Computação para vivência desse processo formativo sem significativas referências de profissionais da área, bem como a ausência de parâmetros curriculares reconhecidos pela comunidade escolar.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
ALVES, Pietro Matheus Bompet Fontoura; MORAIS, Pauleany. A FORMAÇÃO DOCENTE NA LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO: VIVÊNCIA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA NA ESCOLA PÚBLICA. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1158>. Acesso em: 26 maio 2022.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC