A BNCC E O LETRAMENTO DIGITAL: LEITURA E ESCRITA DIGITAL NO ENSINO MÉDIO

  • Elaine Vasquez Ferreira de Araujo

Resumo

Nas últimas décadas, observam-se mudanças importantes no plano da leitura. Ao considerar a multiplicidade de textos que transitam na contemporaneidade, destacam-se as grandes mudanças na produção e na propagação de textos proporcionadas pelo crescente uso das TDICs. Trabalhar os textos que circulam no contexto digital em sala de aula é importante para a formação do estudante. Afinal, a habilidade de leitura precisa ser trabalhada abrangendo textos de diferentes tipos e de gêneros dos mais variados, preparando este aluno para os textos que circulam fora da escola cotidianamente. Reconhecendo a relevância de discussões neste sentido, o objetivo principal deste trabalho é analisar, por meio de um estudo bibliográfico e documental, como o desenvolvimento do letramento digital se dá na Base Nacional Comum Curricular para o Ensino Médio (BNCCEM), documento este que estabelece os direitos, as competências, os conhecimentos e os objetivos de aprendizagem para todos os estudantes durante esta etapa de ensino. Constata-se que a BNCCEM não trata apenas dos impactos das TDICs, mas também da linguagem que circula no meio digital e da apropriação de forma crítica e responsável das tecnologias. Palavras-chave: BNCC, BNCCEM, Letramento Digital, Leitura Digital, Ensino Médio.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
ARAUJO, Elaine Vasquez Ferreira de. A BNCC E O LETRAMENTO DIGITAL: LEITURA E ESCRITA DIGITAL NO ENSINO MÉDIO. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1197>. Acesso em: 22 jun. 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Políticas e gestão por meio de/para o uso de TDIC