LETRAMENTO CRÍTICO NA CONSTRUÇÃO DE UMA POLÍTICA EDUCACIONAL RESPONSIVA DO PROFISSIONAL MILITAR

  • Livia Aparecida de Almeida e Sousa

Resumo




O artigo relata uma pesquisa de intervenção crítica (MAGALHÃES, 2009) no campo dos letramentos em políticas educacionais a partir do ano de 2019, para os cursos de pós- formação militar da Força Aérea Brasileira (FAB). Tal análise foi fundamentada na Teoria da Atividade (TA) numa perspectiva sócio-histórica-cultural da atividade (ENGESTRÖN, 2002). A TA serviu como lente para investigar as políticas educacionais responsivas (OLIVEIRA & SZUNDY, 2014) com o foco na introdução da modalidade de educação a distância no contexto da Diretoria de Ensino da Aeronáutica por meio de: perguntas críticas (TORRES, 2011; FREIRE, 2011); quadro teórico sobre concepções de letramento (SOARES, 1998; COPE & KALANTZIS, 2010; LEMKE, 2010; ROJO, 2017 et al.). O estudo ainda está em aberto, já que a diretriz (ICA 37-833, 2019) é recente e os impactos ainda não foram mapeados de modo consciente. Por isso, o letramento crítico (FREIRE,2010; ROJO, 2016; AU, 2011), como instrumento-e-resultado de mediação nos sistemas de atividade estudados, propicia compreensão do contexto sócio-histórico-cultural da modalidade a distância na Aeronáutica.




Publicado
2020-08-28
Como Citar
SOUSA, Livia Aparecida de Almeida e. LETRAMENTO CRÍTICO NA CONSTRUÇÃO DE UMA POLÍTICA EDUCACIONAL RESPONSIVA DO PROFISSIONAL MILITAR. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1251>. Acesso em: 25 jul. 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Políticas e gestão por meio de/para o uso de TDIC