AUTOFORMAÇÃO PROFISSIONAL DO EDUCADOR: DA CRÍTICA REFLEXIVA AO PLANO DE AÇÃO

  • Leandro Wendel Martins

Resumo

As trajetórias profissionais são influenciadas por frentes que contribuem para a determinação dos caminhos percorridos, seja na dimensão social, econômica ou política. No entanto, a contemporaneidade exige maior velocidade em práticas crítico-reflexivas, evitando o risco de comportar profissionais obsoletos e incapazes de reação frente as mudanças. Este estudo se pautou em uma narrativa digital analisada com base nas construções de uma disciplina de pós-graduação em Educação, com o objetivo de encontrar pontos de convergência entre o narrado e o estudado no percurso, bem como, os pontos de ampliação e sobreposição para compor plano de ação que reverbere em possibilidade de percurso autoformativo. Para além, que possa estimular a construção crítico-reflexiva dos planos de autoformação profissional dos leitores. Neste sentido, as análises foram realizadas com base na pesquisa qualitativa com aproximação da pesquisa documental e análise de narrativa. Para além, serviram de ação no fechamento da disciplina com momentos de trocas com os pares.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
MARTINS, Leandro Wendel. AUTOFORMAÇÃO PROFISSIONAL DO EDUCADOR: DA CRÍTICA REFLEXIVA AO PLANO DE AÇÃO. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1320>. Acesso em: 26 maio 2022.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC