AULAS REMOTAS NAS E.M.E.B. (ESCOLAS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA): ADAPTAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES

  • LEYZE GRECCO
  • Janete Henrique Lima
  • Sarah Jane Campos
  • Tâmara Gomes Pedroso Rosa
  • Cristiane Costa Jesus

Resumo

A pesquisa foi realizada em ambiente natural, da Escola Municipal de Educação Básica “Deputado Ary Leite de Campos” do município de Várzea Grande, caracterizada como estudo de caso, possui a natureza aplicada com objetivo descritivo dentro da abordagem qualitativa e a abordagem metodológica de aproximação crítica que apresenta-se transformadora, libertadora, provocando mudança de significados. Pretende-se com esta pesquisa investigar e interpretar as possíveis articulações ativas para superação dos desafios em relação às aulas não presenciais. Diante do contexto da Pandemia (Covid- 19) e a necessidade das medidas de distanciamento social recomendadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e demais instâncias governamentais e da sociedade civil; fez-se necessário adotar alternativas para garantia do direito à educação. Deste modo, manteve-se uma rotina escolar, em casa, com a parceira dos pais. O procedimento foi bibliográfico e a análise de dados por análise de conteúdo. O aporte teórico embasado nos estudos de Bacich (2015) e Moran (2015). Espera-se com essa pesquisa, demonstrar as possibilidades de superação aos desafios das aulas remotas neste momento de isolamento social.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
GRECCO, LEYZE et al. AULAS REMOTAS NAS E.M.E.B. (ESCOLAS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA): ADAPTAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1342>. Acesso em: 15 jul. 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Conteúdos educacionais – da produção à exibição