APRENDIZAGEM CRIATIVA PARA O ESTÍMULO DE MENINAS CIENTISTAS

  • Carlos Roberto da Silveira Junior
  • Amanda Beatriz Mendanha Fernandes
  • Carla Bueno do Nascimento Silva

Resumo

Ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática, disciplinas que formam o acrônimo em inglês STEAM, permeiam nossas vidas através do trabalho que exercemos, os medicamentos que usamos e até mesmo o que comemos. Existe no mundo uma grande demanda de profissionais especializados nessas áreas, contudo há um viés de gênero ocasionado por fatores sociais e econômicos que desestimulam as meninas. Esse artigo tem como objetivo apresentar uma proposta de metodologia ativa para estímulo de meninas cientistas a partir da metodologia de ensino STEAM com oficinas criativas de robótica educacional. Para tanto, o projeto foi realizado em escola pública, no segundo semestre de 2019, contando com 20 meninas do ensino fundamental II. Como resultado as oficinas permitiram o envolvimento das alunas com tutoras, desenvolveu capacidade de solução de problemas e trabalho em equipe, desmistificou tecnologias, com isso, aumentou a autoestima das meninas. Conclui-se que essa metodologia proporciona um ambiente de formação e reflexão para as meninas cientistas.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
JUNIOR, Carlos Roberto da Silveira; FERNANDES, Amanda Beatriz Mendanha; SILVA, Carla Bueno do Nascimento. APRENDIZAGEM CRIATIVA PARA O ESTÍMULO DE MENINAS CIENTISTAS. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1354>. Acesso em: 26 maio 2022.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC