O PIBID NA FORMAÇÃO DOS BOLSISTAS NA ÁREA DE MATEMÁTICA

  • Maria Emília da Silva

Resumo

Este artigo tem por objetivo apresentar os resultados de um questionário aplicado aos bolsistas participantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) na Universidade Federal do Tocantins (UFT) em Arraias/TO. O objetivo é apontar os pontos positivos e negativos deste programa do Curso de Licenciatura em Matemática. A pesquisa assumiu uma abordagem qualitativa, com pesquisa de campo, através da aplicação de questionários. Para tanto, aplicou-se seis (6) questionários para os acadêmicos e (2) para os supervisores. O referencial teórico se baseou em autores como: Kenski(2012), Rodrigues et al.(2015),  Borba e Penteado(2016) dentre outros. Assim, obteve-se como principais contribuições do programa PIBID a importância de vivenciar à docência durante a formação inicial e aos professores supervisores a utilização de metodologias(jogos e TIC) diferentes e inovadoras.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
SILVA, Maria Emília da. O PIBID NA FORMAÇÃO DOS BOLSISTAS NA ÁREA DE MATEMÁTICA. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1384>. Acesso em: 27 maio 2022.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC