SITUAÇÃO DE PANDEMIA E A RELEVÂNCIA DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E DO TELETRABALHO: VARIÁVEL DE PESQUISA INTEGRADA BRASIL-PORTUGAL

  • Ana Katia Alves dos Santos

Resumo

O texto problematiza a relevância da educação a distância, e do teletrabalho, como formas de garantir educação como processo permanente e ininterrupto, principalmente em situações de emergência e crises globais, com destaque para a pandemia do COVID-19, identificado como novo Coronavirus. A temática surgiu como variável emergente em contexto de realização de projeto[1] em visita a Universidade do Minho, Portugal, integrado ao Instituto de Educação, e teve apoio Capes Print/UFBA. A metodologia é de natureza qualitativa, do tipo estudo de caso, e contou com depoimentos extraídos de entrevistas e observações feitas junto a professores e profissionais da educação brasileiros e portugueses, bem como em instituições destes dois países. Os resultados indicaram que o Teletrabalho e a Educação a Distância são relevantes para o contexto contemporâneo da educação, porém não podem se tornar práticas exclusivas, em contextos limitados de democratização de acesso, além disso é preciso pensar soluções para melhoramento dos processos, bem como seguir investindo em estrutura e qualificação de professores. As referências básicas são: Lévy (1993), Castells(2000), Santos (2019, 2020), Sevillano (2020), Rocha e Amador(2018), OIT(2017), Moore(2020), Godoy (1995), Fiocruz(2019), Caeiro e Caetano (2020), dentre outros.


 


 

Publicado
2020-08-28
Como Citar
SANTOS, Ana Katia Alves dos. SITUAÇÃO DE PANDEMIA E A RELEVÂNCIA DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E DO TELETRABALHO: VARIÁVEL DE PESQUISA INTEGRADA BRASIL-PORTUGAL. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1407>. Acesso em: 26 maio 2022.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC