FORMAÇÃO DE PROFESSORES: NARRATIVAS DIGITAIS MULTIMODAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Sandra Cavaletti TOQUETÃO

Resumo

O presente estudo tem por objetivo investigar como são produzidas as narrativas digitais multimodais em uma escola de educação infantil, bem como compreender o potencial dessas narrativas como recurso na formação de professores, numa perspectiva críticocolaborativa. Defende-se que narrativas digitais multimodais são os registros pedagógicos digitais que combinam diferentes mídias e recursos multimodais que narram processos educativos. O aporte teórico fundamenta-se na teoria sócio-histórico-cultural de Vygotsky (1934/2008), nas contribuições de autores que estudam a documentação pedagógica na educação infantil, concepções de infância, multimodalidades e narrativas digitais em suas formas variadas, como tipografia, imagem, escrita, gestos, posturas, expressões, ambientes ou outras combinações possíveis, além dos modos de organização do discurso que circulam nos materiais audiovisuais. Os dados foram produzidos a partir dos três instrumentos de coleta: questionário semiestruturado sobre registro e documentação pedagógica; os excertos da gravação de áudio das sessões reflexivas e a produção, pelos professores, das narrativas digitais multimodais com recorte das cenas de temas específicos. Por conta do foco crítico-colaborativo, os resultados indicaram uma desconstrução do senso comum, pelos professores, sobre as produções audiovisuais que permeiam a educação infantil.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
TOQUETÃO, Sandra Cavaletti. FORMAÇÃO DE PROFESSORES: NARRATIVAS DIGITAIS MULTIMODAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1415>. Acesso em: 26 maio 2022.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC