MEMÓRIAS COMPLEXAS: UM JOGO COMO RECURSO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PARA ENSINO DE MATEMÁTICA.

  • Ariana Munique Teixeira Pimentel
  • Risiberg Ferreira Teixeira
  • Carmen Elena das Chagas

Resumo

O uso de novas formas de aprendizagens se torna necessário devido ao avanço das tecnologias digitais, principalmente, no ensino, pois se verificou que essas tecnologias já fazem parte do cotidiano dos discentes. Com base em alguns teóricos, que tratam sobre as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC’s), sabe-se que os jogos e suas formas de representações facilitam o aprendizado dos alunos. Este estudo objetiva verificar como os recursos da gamificação e dos games nas atividades em sala de aula podem contribuir para o aprendizado do aluno de maneira prazerosa. Os procedimentos realizados enfatizaram o levantamento bibliográfico sobre o tema e as observações sobre a prática do professor em sala de aula. Assim, apresenta-se neste artigo o protótipo para o ensino de números complexos direcionado para alunos dos anos finais do Ensino Médio. O jogo intitulado “Memórias Complexas” foi criado de forma que estabelece cartas com números complexos e seus respectivos conjugados complexos. O uso deste jogo possibilita compreender o conteúdo dos números complexos e contribui de forma eficaz para a utilização de outras maneiras de ensinoaprendizagem, transformando, assim, o ambiente escolar através da busca do estreitamento da relação professor e aluno para obtenção de uma aprendizagem significativa e dinâmica.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
MUNIQUE TEIXEIRA PIMENTEL, Ariana; FERREIRA TEIXEIRA, Risiberg; ELENA DAS CHAGAS, Carmen. MEMÓRIAS COMPLEXAS: UM JOGO COMO RECURSO DIDÁTICO PEDAGÓGICO PARA ENSINO DE MATEMÁTICA.. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1504>. Acesso em: 29 maio 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Conteúdos educacionais – da produção à exibição