EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ESTRATÉGIAS PARA SUSPENSÃO DE AULAS PRESENCIAIS

  • Julio Candido de Meirelles Junior
  • Camyla D’Elyz do Amaral Meirelles
  • Alessandra dos Santos Simão
  • Andre Cantareli da Silva
  • Clemente Gonzaga Leite

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar uma análise sobre a adoção de estratégias de ensino a distância frente a cenários de suspensão provisória das aulas presenciais. Essas estratégias foram exploradas por meio de um levantamento junto às secretarias de educação dos estados do RJ, SP e MG. Para tanto utilizou-se pesquisa nos sites das secretarias, entrevista semi estruturada com um grupo de professores e pais de escolas públicas e particulares dos 3 estados. A pesquisa faz um breve histórico do ensino a distância - EaD no Brasil e sua trajetória no sistema educacional. Após as apresentações iniciais, são apresentados os resultados da pesquisa. Por fim, o artigo encerra com as considerações finais à luz dos achados do estudo, tecendo comentários sobre as estratégias utilizadas durante a suspensão das aulas presenciais. Percebe-se que há dificuldades na implantação deste sistema, mas observa-se que há um grande aprendizado para o EaD, para a disponibilidade desta modalidade de estudos para os próximos anos em todos os níveis. Palavras-chave: Estratégia de ensino, pandemia, suspensão de aulas.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
JUNIOR, Julio Candido de Meirelles et al. EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ESTRATÉGIAS PARA SUSPENSÃO DE AULAS PRESENCIAIS. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1583>. Acesso em: 20 jun. 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC