ENSINO DA LEITURA E EDUCAÇÃO CONECTADA: FORMAÇÃO E PRÁTICAS DO LEITOR UBÍQUO

  • Abinalio Ubiratan da Cruz Subrinho
  • Denise Dias de Carvalho Sousa

Resumo

O artigo dialoga sobre uma temática que vem ganhando relevo entre o meio científico e a comunidade escolar nas últimas décadas; o ensino da leitura e, por consequência, a formação de leitores direcionada aos alunos hiperconectados. Desse modo, objetivamos cartografar e analisar alguns comportamentos leitores assumidos por alunos nos ambientes virtuais, evidenciando a necessidade dos centros de ensino se apropriarem desses multimeios para favorecer a formação dos leitores das telas. As informações apresentadas nesse trabalho foram construídas por intermédio de Grupo de Discussão (GD), realizado com 42 colaboradores [alunos do 3ª Ano do Ensino Médio] e ancorado teórico-metodologicamente nos estudos de Chartier (2002), Lévy (2011) Santaella (2014), Werller (2013) dentre outros. Com a conclusão desse estudo constatamos que os alunos estão consumindo novos gêneros discursivos, ficções digitais, se agrupando para debater e recomendar leituras, assim como a urgência das escolas se adaptarem aos novos contextos e modos de ler. Palavras-chave: Leitor ubíquo. Ensino da Leitura. Leituras online

Publicado
2020-08-28
Como Citar
SUBRINHO, Abinalio Ubiratan da Cruz; SOUSA, Denise Dias de Carvalho. ENSINO DA LEITURA E EDUCAÇÃO CONECTADA: FORMAÇÃO E PRÁTICAS DO LEITOR UBÍQUO. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1618>. Acesso em: 15 jul. 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Ensino e aprendizagem por meio de/para o uso de TDIC