CULTURA DIGITAL E DISCUSSÕES DE PROJETO EDUCACIONAL COM O USO DE TIC: O CONTEXTO DA UFMT/CUIABÁ

  • Ana Lara Casagrande
  • Kátia Morosov Alonso

Resumo




Este trabalho objetiva discutir a proposta realizada no âmbito da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) quanto à flexibilização do ensino, em componentes curriculares da graduação e pós-graduação, com uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), diante do cenário de requerido isolamento social, motivado pelo alastramento da COVID-19. Abordamos, também, como a noção de cultura digital (relativas às implicações que o digital, espectro complexo de fenômenos tecnológicos, traz para o modo de produção da existência humana) evidencia a obsolescência do ensino na Educação Superior. Os procedimentos metodológicos adotados se alinham à pesquisa exploratória, cuja finalidade é a de ampliar o conhecimento a respeito do fenômeno uso das TIC na Educação Superior. A fundamentação teórica é feita, principalmente, em Charlie Gere e Manuel Castells. Os principais resultados indicam uma resistência grande à incorporação das TIC, em meio aos temores, entre outros, de que se torne uma política permanente na universidade pública ou amplie as desigualdades existentes há muito, mas escancaradas com a atual conjuntura. Consideramos ser possível tomar a flexibilização, apesar da polissemia do termo, para promover uma educação comprometida com o papel da universidade pública de refletir as circunstâncias presentes e produzir conhecimento.




Publicado
2020-08-28
Como Citar
CASAGRANDE, Ana Lara; ALONSO, Kátia Morosov. CULTURA DIGITAL E DISCUSSÕES DE PROJETO EDUCACIONAL COM O USO DE TIC: O CONTEXTO DA UFMT/CUIABÁ. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1669>. Acesso em: 29 maio 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Políticas e gestão por meio de/para o uso de TDIC