TECNOLOGIA ASSISTIVA COMO FATOR DE ACESSIBILIDADE NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE SURDOS

  • Queila Pahim da Silva
  • Núbia Flávia Oliveira Mendes
  • Sylvana Karla da Silva de Lemos Santos

Resumo

O presente artigo tem como objetivo identificar a importância da Tecnologia Assistiva para a acessibilidade no processo de ensino aprendizagem de Surdos, em uma instituição de ensino da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica de Brasília/ DF. A fundamentação teórica aborda as mídias para a educação, Tecnologia Assistiva e Acessibilidade, mídias para a educação de Surdos e educação e letramento de Surdos no Brasil. Trata-se de um estudo de caso com utilização de questionários para a coleta dos dados, aplicados a um docente, um Tradutor e Intérprete de Língua de Sinais e estudantes Surdos da instituição. Os resultados indicam que, apesar da difusão e popularização das mídias sociais e da constatação que as Tecnologias Assistivas promovem a acessibilidade comunicacional e informacional na medida em que viabiliza autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social aos indivíduos que necessitam, há diferenças no entendimento dos respondentes sobre Tecnologia Assistiva (TA), o que reflete a falta de efetivação entre o professor acredita estar fazendo para esses estudantes e o que o Tradutor e Intérprete de Língua de Sinais e os discentes Surdos vivenciam na sala de aula.

Publicado
2020-08-28
Como Citar
PAHIM DA SILVA, Queila; FLÁVIA OLIVEIRA MENDES, Núbia; KARLA DA SILVA DE LEMOS SANTOS, Sylvana. TECNOLOGIA ASSISTIVA COMO FATOR DE ACESSIBILIDADE NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE SURDOS. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1858>. Acesso em: 24 jul. 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Conteúdos educacionais – da produção à exibição