PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO: A EPISTEMOLOGIA E PERSPECTIVAS DOS ESTUDANTES EGRESSOS COM A REALIDADE MINERATÓRIA NO ENSINO MÉDIO DO IFG, GOIÂNIA-GO.

  • Guilherme Matheus Ferreira Balbino
  • Lídia Milhomem Pereira

Resumo




Este artigo tem desígnio de entender o espaço geográfico dos estudantes egressos do curso Técnico Integrado em Mineração do Instituto Federal de Goiás sobre o término do curso e área de atuação. O Instituto Federal de Goiás, ainda não teve sua marcafortalecida como obteve anteriormente: “CEFET”; “ESCOLA TÉCNICA”, mas percebemos as disparidades, amplitude na disposição e oferta de outras matrizes curriculares, e supressão de cursos que não tiveram a demanda necessária. O ensino EAD é uma realidade na instituição ainda incipiente. Este artigo, fruto de um projeto de iniciação científica, PIBIC/EM/CNPq objetiva identificar, avaliar e entrevistar à distância os estudantes do curso técnico integrado em Mineração, nas turmas dos segundos, terceiros e quartos anos sobre suas visões atuais e futuristas acerca do mesmo utilizando-se dos meios digitais para tal proposta. Assim, a empiria sobre uma reflexão geral em torno da natureza, etapas e limites do conhecimento humano, nas relações que se estabelecem entre o sujeito indagativo e o objeto inerte, as duas polaridades tradicionais do processo cognitivo; teoria do conhecimento.




Publicado
2020-08-28
Como Citar
BALBINO, Guilherme Matheus Ferreira; PEREIRA, Lídia Milhomem. PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO: A EPISTEMOLOGIA E PERSPECTIVAS DOS ESTUDANTES EGRESSOS COM A REALIDADE MINERATÓRIA NO ENSINO MÉDIO DO IFG, GOIÂNIA-GO.. Anais do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias | Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância), São Carlos, ago. 2020. ISSN 2316-8722. Disponível em: <https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/978>. Acesso em: 23 jul. 2024.
Seção
CIET:EnPED:2020 - Epistemologia e Produção de conhecimento no contexto da Educação e Tecnologias